Revista de Gestão Revista de Gestão
Revista de Gestão.2017;24:336-47 - Vol. 24 Núm.4 DOI: 10.1016/j.rege.2017.07.002
Educação em Gestão Empresarial
Sessão especial - Fast Track SEMEAD: Tem ação nessa pesquisa? Um levantamento da pesquisa‐ação como estratégia de pesquisa qualitativa
Is there action in this search? A survey of research‐action as a qualitative research strategy
José Glauber Cavalcante dos Santos, , Thalita Silva Calíope, José de Paula Barros Neto
Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Ceará, CE, Brasil
Recebido 09 Janeiro 2017, Aceitaram 14 Julho 2017
Resumo

Os métodos qualitativos vêm sendo cada vez mais usados como estratégia de investigação. Como uma estratégia qualitativa, a pesquisa‐ação naturalmente detém suas origens similares àquele polo metodológico. Todavia, a pesquisa‐ação tem identidade demarcada pela ruptura com modelos pré‐concebidos, tanto no campo de estudos quantitativos, quanto no âmbito das investigações qualitativas. Este trabalho teve como objetivo descrever e discutir os principais aspectos referentes à consecução da pesquisa‐ação como estratégia de pesquisa nas áreas da administração e contabilidade no Brasil. Traçou‐se um panorama que revela desde a origem da pesquisa‐ação, passando pelos seus propósitos, limitações, planejamento e aplicação, inclusive o diálogo junto a outros “métodos” qualitativos. No estudo foi identificado que a pesquisa‐ação, apesar de colocada como uma estratégia central dos estudos, não necessariamente teve sua aplicação, o que sinalizaria o desconhecimento ou má aplicação dessa estratégia no campo de estudo. Muito embora existam algumas características marcantes da pesquisa‐ação, como a necessidade de envolvimento do pesquisador na resolução de um problema e com os demais participantes do projeto, ou a implantação e a manutenção de uma mudança, ainda há controvérsia sobre o que de fato é pesquisa‐ação, inclusive acerca de sua aplicação.

Abstract

Qualitative methods have been increasingly used as a research strategy. As a qualitative strategy, action research naturally holds its origins like that methodological pole. However, action research has an identity marked by the rupture with pre‐conceived models, both in the field of quantitative studies and in the scope of qualitative investigations. This work aimed to describe and discuss the main aspects related to the achievement of action research as a research strategy in the areas of administration and accounting in Brazil. A panorama has been drawn from the origin of action research to its purposes, limitations, planning and application, including dialogue with other qualitative “methods”. In this study, it was identified that action research, despite being placed as a central strategy of studies, did not necessarily have its application, which would indicate the lack of knowledge or misapplication of this strategy in the field of study. Although there are some striking features of action research, such as the need to involve the researcher in solving a problem and with other project participants, or the implementation and maintenance of a change, there is still controversy over what is in fact Action research, including about its application.

Palavras‐chave
Pesquisa‐ação, Métodos qualitativos, Estratégia de pesquisa
Keywords
Action research, Qualitative methods, Research strategy
Revista de Gestão.2017;24:336-47 - Vol. 24 Núm.4 DOI: 10.1016/j.rege.2017.07.002