Revista de Gestão Revista de Gestão
Revista de Gestão 2016;23:349-61 - Vol. 23 Núm.4 DOI: 10.1016/j.rege.2016.09.003
Gestao e Sustentabilidade
Proposta de índice de sustentabilidade como instrumento de autoavaliação para micro e pequenas empresas (MPEs)
Proposal of sustainability index as a self‐assessment tool for micro and small enterprises (MSEs)
Alexandre Leoneti, , Alyni Nirazawa, Sonia Oliveira
Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA‐RP), Universidade de São Paulo (USP), Ribeirão Preto , SP, Brasil
Recebido 30 Abril 2016, Aceitaram 08 Agosto 2016
Resumo

Nos dias atuais, há grande necessidade de as empresas considerarem os aspectos ambientais, econômicos e sociais da sustentabilidade para se alinhar às emergentes e exigentes demandas dos mercados. Para empresas de médio e grande porte, vários instrumentos baseados em indicadores foram propostos e estão disponíveis na literatura para medir a sustentabilidade dessas organizações. Todavia, para o âmbito das micro e pequenas empresas (MPEs), o uso desses indicadores se torna difícil, pois essas empresas têm problemas, tais como (i) falta de dados; (ii) falta de sistema de informação; (iii) falta de pessoas responsáveis pela coleta; (iv) falta de pessoas com visão de processos; e (v) falta de planejamento estratégico. As MPEs têm grande importância em qualquer economia capitalista, que é o caso do Brasil. Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa foi propor um índice de sustentabilidade como um instrumento de autoavaliação para MPEs. Este estudo é uma pesquisa aplicada do tipo exploratória, desenvolvida a partir de um modelo conceitual, com elaboração de um instrumento tipo formulário com questões relacionadas a aspectos ambientais, sociais e econômicos, para autoavaliação da sustentabilidade em MPEs. Os resultados alcançados no presente estudo colaboram para a definição dos indicadores para cada subtema da sustentabilidade com o objetivo de propor a mensuração quantitativa, ou seja, um índice numérico e gráfico para visualizar a sustentabilidade da MPE de forma objetiva.

Abstract

Currently, there is a great need for companies to consider the environmental, economic and social aspects of sustainability for responding to changing markets requirements. For medium and large companies, several instruments have been proposed and are available in the literature to measure the sustainability of these organizations towards this aim. However, in the context of micro and small enterprises (MSEs) the use of these indicators becomes difficult because of problems such as (i) lack of data; (ii) lack of information system; (iii) lack of people responsible for data collection; (iv) lack of people with the whole vision the processes; and (v) lack of strategic planning. MSEs are very important in any capitalist economy, which is also the Brazilian case. In this sense, the objective of this research was to propose an index of sustainability for MSEs as a self‐assessment instrument for sustainability measure. This study is an applied research developed from a conceptual model, including the elaboration of an instrument type form with questions related to environmental, social and economic aspects, for sustainability self‐assessment in micro and small businesses. The results achieved in this study corroborate with the definition of indicators for each aspect of sustainability in order to propose a quantitative measurement, including numerical and graphical content, to view the sustainability of MSEs objectively.

Palavras‐chave
Sustentabilidade, Indicadores, Micro e pequena empresa
Keywords
Sustainability, Indicators, Micro and small enterprise
Revista de Gestão 2016;23:349-61 - Vol. 23 Núm.4 DOI: 10.1016/j.rege.2016.09.003