Revista de Gestão Revista de Gestão
Revista de Gestão 2016;23:276-85 - Vol. 23 Núm.4 DOI: 10.1016/j.rege.2016.09.004
Gestão e Sustentabilidade
Políticas públicas para sustentabilidade: o caso do projeto Ipirá na usina hidrelétrica de Tucuruí‐Pa
Public policies for sustainability: the case of Ipirá project in the hydroeletric power plant of Tucuruí‐Pa
Eduardo André Duarte de Araújo
Universidade Federal do Pará, Belém, PA, Brasil
Recebido 09 Março 2016, Aceitaram 31 Agosto 2016
Resumo

O estudo analisou o projeto de piscicultura Ipirá, implantado no reservatório da usina hidrelétrica de Tucuruí, no Estado do Pará, a fim de avaliar de que forma as suas ações contribuem para a melhoria das condições de vida das famílias atendidas a partir da análise de indicadores econômicos e sociais. Para tanto, usaram‐se como procedimentos metodológicos o estudo de caso e o modelo sistêmico para a aquicultura, em particular o cálculo dos índices que compõem a sustentabilidade do subsistema econômico‐social: o Índice de Desenvolvimento Econômico e Social (IDES) e o Índice de Capital Social (ICS). Os dados foram obtidos por meio de pesquisa de campo e documental. Os instrumentos de coleta de dados foram às entrevistas semiestruturadas. As entrevistas foram aplicadas de forma individual com todos os chefes das famílias atendidas pelo projeto, com a presidente da cooperativa e com a equipe técnica da Eletrobras Eletronorte, responsável pelo projeto. Observou‐se que, apesar de o IDES e do ICS apresentarem resultados que enquadrem o projeto como nível médio de desenvolvimento econômico‐social, segundo o modelo adotado, o projeto não contribui significativamente para a melhoria das condições de vida das famílias nos aspectos relacionados à habitação e à renda, haja vista que é por meio desses indicadores que o ser humano passa a adquirir bens e serviços essenciais para a manutenção familiar e condição de bem estar. Logo, o projeto não se constitui como um instrumento indutor do desenvolvimento econômico‐social.

Abstract

The study analyzed the Ipirá fish farming project, implemented in the reservoir of the hydroelectric plant of Tucuruí, State of Pará, in order to assess how their actions contribute to the improvement of living conditions of the families served by the same from the analysis economic and social indicators. Therefore, it was used as methodological procedures, the case study and the systemic model for aquaculture, particularly the calculation of the indexes that it composes the sustainability of economic and social sub‐system: Economic and Social Development Index (IDES) and Social Capital Index (ICS). The data were obtained by conducting field research and documentary research. The data collection instruments were the semi‐structured interviews. The interviews were applied individually with all the heads of the families served by the project, with the president It was observed that, despite the IDES and ICS present results that frame the project as medium level of economic and social development, according to the adopted model, it is emphasized that the project does not contribute significantly to the improvement of household living conditions in aspects housing and income, given that it is through these indicators that the human being begins to acquire essential goods and services for family maintenance and welfare condition, so the project does not constitute as an inducer instrument of economic development social.

Palavras‐chave
Aquicultura sustentável, Piscicultura em tanques‐rede, Reservatório hidrelétrico
Keywords
Sustainable aquaculture, Net cages in fish farming, Hydroeletric power reservoir
Revista de Gestão 2016;23:276-85 - Vol. 23 Núm.4 DOI: 10.1016/j.rege.2016.09.004