Revista de Gestão Revista de Gestão
Revista de Gestão 2016;23:306-15 - Vol. 23 Núm.4 DOI: 10.1016/j.rege.2016.09.006
Gestão e Sustentabilidade
Percepção de responsabilidade social e satisfação no trabalho: um estudo em empresas brasileiras
Perception of social responsibility and job satisfaction: a study in Brazilian companies
Emanuel Dheison dos Santos Penhaa,, , Sílvia Maria Dias Pedro Rebouçasa, Mônica Cavalcanti Sá de Abreua, Tobias Coutinho Parenteb
a Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Ceará, Brasil
b Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil
Recebido 31 Março 2016, Aceitaram 31 Agosto 2016
Resumo

Esta pesquisa busca verificar se a percepção de responsabilidade social corporativa (PRSC) dos empregados influencia na satisfação no trabalho. A hipótese é que quanto maior a PRSC, mais satisfeitos eles são no trabalho. Cinco sub‐hipóteses foram testadas: satisfação com o salário, com os colegas de trabalho, com promoções, com a natureza do trabalho e com a liderança. Para a pesquisa, usou‐se a base de dados da pesquisa MEPT – Melhores Empresas para Você Trabalhar – feita anualmente no Brasil, com 114.147 funcionários de 383 empresas. Para testar a hipótese da pesquisa, foram aplicadas as técnicas de Análise Fatorial Exploratória (AFE), Análise Fatorial Confirmatória (AFC) e Equações Estruturais (SEM). Os resultados evidenciaram três constructos da PRSC que estão relacionados com a satisfação no trabalho: satisfação com liderança e natureza do trabalho; satisfação com salário; e satisfação com colegas de trabalho. A percepção de RSC influencia significativamente os três constructos. Porém, satisfação com a liderança e natureza do trabalho foi o constructo mais explicado pela percepção de RSC.

Abstract

This research aims to verify if the perception of corporate social responsibility (PCSR) of employees influences in the job satisfaction. The hypothesis is the greater the employee's PCSR, more satisfied they are at job. Five sub‐hypotheses were tested: satisfaction with salary, with coworkers, with promotions, with the nature of the job and the leadership. In the research field, we used the database of research Great Place to Work, held annually in Brazil, with 114.147 employees of 383 companies. To test the research hypothesis, we applied the techniques of Exploratory Factor Analysis (EFA), Confirmatory Factor Analysis (CFA), and Structural Equation Modeling (SEM). The results showed three constructs of the PCSR that are related to job satisfaction: satisfaction with leadership and nature of the work; satisfaction with salary; and satisfaction with coworkers. The perception of CSR significantly influences the three constructs. However, satisfaction with the leadership and the nature of work the construct was further explained by the perception of CSR.

Palavras‐chave
Responsabilidade social corporativa, Satisfação no trabalho, Recursos humanos, Análise fatorial, Modelo de equações estruturais.
Keywords
Corporate social responsibility, Job satisfaction, Human resources, Factor analysis, Structural equation modeling
Revista de Gestão 2016;23:306-15 - Vol. 23 Núm.4 DOI: 10.1016/j.rege.2016.09.006