Revista de Gestão Revista de Gestão
Revista de Gestão 2017;24:170-80 - Vol. 24 Núm.2 DOI: 10.1016/j.rege.2017.03.007
Gestão de Pessoas em Organizações
Capacidades organizacionais: um estudo na hotelaria do nordeste brasileiro
Organizational capabilities: a study on the brazilian northeast hotel sector
Leilianne Michelle Trindade da Silva Barretoa,, , Lindolfo Galvão de Albuquerqueb, Carlos Alberto Freire Medeirosa
a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil
b Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP, Brasil
Recebido 22 Fevereiro 2016, Aceitaram 21 Novembro 2016
Resumo

O objetivo geral desta pesquisa foi avaliar o grau de desenvolvimento de capacidades organizacionais oriundas do papel de Recursos Humanos na hotelaria do Nordeste brasileiro. Foi desenvolvido um estudo descritivo, de abordagem quantitativa, nos hotéis localizados nos dois principais destinos turísticos de quatro estados do Nordeste do Brasil, a saber: Salvador/BA, Porto Seguro/BA, Fortaleza/CE, Canoa Quebrada/CE, Recife/PE, Porto de Galinhas/PE, Natal/RN e Pipa/RN. O instrumento de coleta de dados investiga as capacidades organizacionais com base no modelo de múltiplos papéis de Ulrich (1998, 2000). Os resultados apontam uma tendência entre os meios de hospedagem a conseguir desenvolver melhor as capacidades organizacionais orientadas para o cotidiano e para o nível operacional. Por outro lado, eles se deparam com maiores dificuldades para desenvolver as capacidades organizacionais orientadas para o futuro e para o nível estratégico. Essa tendência ratifica o distanciamento estratégico ainda vivenciado pela gestão de pessoas das organizações contemporâneas. Assim, foi possível perceber que a gestão estratégica de pessoas ainda é um desafio para os meios de hospedagem, os quais precisam investir em uma mudança de ênfase do administrativo para o estratégico, do funcional para o modelo baseado nos negócios.

Abstract

The general objective of this research was to assess the degree of development of organizational capabilities stemming from the role of human resources in the Brazilian Northeast hotel sector. A descriptive study, with a quantitative approach, was developed in hotels located in the two principal tourism destinations of four states in the Northeast Region of Brazil: Salvador, BA, Porto Seguro, BA, Fortaleza, CE, Canoa Quebrada, CE, Recife, PE, Porto de Galinhas, PE, Natal, RN and Pipa, RN. The instrument for data collection investigates the organizational capabilities based on the Ulrich's (1998, 2000) Multiple Roles Model. The results indicate a tendency, among the hotels, to be more able to develop organizational capabilities orientated toward the day‐to‐day and for the operational level and to encounter greater difficulties in developing organizational capabilities directed toward the future and for the strategic level. This tendency confirms the strategic gap still experienced by human resource management in contemporary organizations. Thus, it was possible to see that the strategic human resource management is still a challenge for the hotels, which need to invest in a shift in emphasis from administrative to strategic, from functional to based on the business model.

Palavras‐chave
Gestão estratégica de pessoas, Capacidades organizacionais, Hotelaria
Keywords
Strategic human resource management, Organizational capabilities, Hotel sector
Revista de Gestão 2017;24:170-80 - Vol. 24 Núm.2 DOI: 10.1016/j.rege.2017.03.007